CURSOS

Nossos cursos

Apoiados por metodologias das mais recentes, onde se aplicam padrões da indústria de
e-learning, você pode contar com diversos formatos para sua capacitação, entre eles vídeos, material impresso, formatos interativos e grupos de estudos através de ambientes colaborativos.

EXPERT

Formação com mais ênfase em "aprender fazendo", voltadas para o aperfeiçoamento profissional.

NANO-DEGREE

Cursos voltados para formação de mão de obra técnica, com cargas horárias maiores.

EXTENSÃO

Cursos de informação, voltados para o aprimoramento de competências.

Legislação

Os cursos livres à distância não dependem de registro ou autorização do MEC ou do CEE e são para fins culturais, conhecimentos e curriculares.

O Art 42 da Lei nº 9.394/96 (Diretrizes e Bases da Educação Nacional) e Lei nº 11.741/08 trataram da Educação Profissional, como Educação Profissional. É uma modalidade de educação não-formal de duração variável, destinada a proporcionar ao trabalhador conhecimentos que lhe permitam profissionalizar-se, qualificar-se e atualizar-se para o trabalho. Não há exigência de escolaridade anterior. Tendo referência no Decreto Federal nº 2.494/98 e Decreto nº 2.208/97.

Importante ressaltar que em nenhum momento oferecemos “diplomas” ou certificações a nivel de bacharelado ou quaisquer outros títulos. Todos os nossos cursos são “livres” e poderão ser validados de acordo com a lesgislação de cada país.

Diferentemente do Brasil, vários países da Europa estão na vanguarda da experiência educacional. Mestrados e doutorados a distância são ofertados por Universidade públicas e privadas, com qualidade reconhecida internacionalmente. Prova disso é que Portugal é um dos onze países que vai integrar a iniciativa “MOOC” (cursos em linha abertos a todos), no âmbito da qual estarão disponíveis gratuitamente cerca de 40 de cursos online, em 12 línguas diferentes.

A iniciativa, que conta com o apoio do executivo comunitário, é liderada pela Associação Europeia de Universidades de Ensino à Distância (EADTU) e envolve, principalmente, universidades abertas em Portugal, França, Itália, Lituânia, Holanda, Eslováquia, Espanha, Reino Unido, Rússia, Turquia e Israel.